Apple se une ao Goldman Sachs para um novo cartão de crédito Apple Pay

A Apple e o gigante bancário favorito de todos estão lançando um novo cartão de crédito conjunto que empurrará a gigante da tecnologia para as contas bancárias das pessoas.

A Apple e o gigante bancário favorito de todos estão lançando um novo cartão de crédito conjunto que empurrará a força da tecnologia para as contas bancárias das pessoas e, finalmente, as ajudará a se tornar uma empresa de trilhões de dólares.

De acordo com WSJ, o cartão terá a marca Apple Pay e será lançado no início do próximo ano.

Duas empresas em dificuldades proíbem juntas

É um pouco exagerado dizer que a corporação mais rica do mundo está “lutando”, mas com ganhos para baixo no pão com manteiga de sempre, a Apple quer diversificar seus produtos utilitários mais práticos (ou seja, pagamentos móveis, streaming de música, vendas na App Store).



Enquanto isso, em grandes bancos de investimento, o Goldman Sachs resistiu a uma longa queda na negociação de títulos (a receita caiu dois terços desde 2008 ), que inspirou a empresa a entrar no setor bancário de consumo (eles iniciaram um negócio de banco de varejo chamado Marcus em 2016).

Em outras palavras, é uma situação vantajosa para ambas as empresas.

Que mãe? Todo mundo está fazendo isso

A Apple é o exemplo mais recente de uma gigantesca empresa de tecnologia que aprofunda sua presença no setor bancário e financeiro.

Recentemente, Amazon, Google e Samsung feito move-se para entrar no mesmo espaço em que procuram tornar os pagamentos móveis mais fáceis para os consumidores - enquanto, é claro, banham-se em dinheiro.

Para os gigantes da tecnologia, a água está quente no setor financeiro.